Robinson Faria saí derrotado das eleições de 2016

Postado por Modesto Neto às 12:12


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria do PSD, saiu derrotado das eleições municipais de 2016. O resultado final das urnas enfraqueceu o Governo que perdeu em colégios eleitorais importantes e terá que construir uma coalizão ampla para se tornar minimamente competitivo para o embate eleitoral da reeleição em 2018.

O PSD de Robinson Faria ganhou à eleição em 52 prefeituras do Estado. O número consolida o partido do governador em parte considerável do RN, mas não nos grandes centros. O governismo teve bom desempenho eleitoral em cidades pequenas que não representam a maior parcela do eleitorado.

Nos dois principais colégios eleitorais do Estado, Natal e Mossoró, Robinson não conseguiu sequer consolidar o candidato oficial do Governo. Em Natal, o deputado estadual e então pré-candidato à Prefeitura, Jacó Jácome, desistiu da disputa antes mesmo da convenção de seu partido. Em Mossoró o prefeito do PSD, Francisco José Júnior, enfrentou um enorme desgaste popular e como candidato a reeleição renunciou a disputa.

Em Caicó, o candidato a prefeito pelo PSD, Nildson Dantas, foi o quinto e último colocado, cravando apenas 4,7% dos votos. Em Parnamirim, o candidato do Governo do Estado, o deputado estadual Carlos Augusto Maia também foi derrotado e ficou como segundo colocado com 33% dos votos. Em Assú, o empresário Patrício Júnior, com o apoio das máquinas municipal e estadual, o apoio do prefeito Ivan Júnior e do governador Robinson, perdeu a disputa acirrada e terminou com 48% da preferência do eleitorado. Das grandes cidades a vitória do governismo estadual ocorreu apenas em Macaíba com a eleição de Doutor Fernando do PSD com 48,9%.

Na Região Central o PSD amargou um terceiro lugar em Lajes com 10% da Doutora Ludrinha. No sertão central Cabugi, o governador Robinson Faria só saiu vitorioso na menor cidade da região: Fernando Pedrosa. Sandra Miranda venceu o pleito pelo PSD, obtendo a confiança de 57% do eleitorado local (1.620 votos). Em Fernando Pedrosa todo eleitorado representa apenas 3.310 eleitores e foi em cidades pequenas que o Governo do Estado saiu vitorioso.

Robinson Faria foi eleito no segundo turno das eleições de 2014, o seu principal cabo eleitoral foi a impopularidade de seu adversário, o ex-deputado e ex-ministro do Turismo, Henrique Alves do PMDB, envolvido nas investigações da Operação Lava Jato. Robinson havia costurado uma aliança entre PSD, PCdoB e PT, mas já perdeu o apoio do petismo e da senadora Fátima Bezerra.

Robinson tem atrasado regularmente os salários dos servidores estaduais, fez saques do Fundo Previdenciário comprometendo a aposentadoria dos trabalhadores do Estado, o governador ainda não convocou os aprovados no último concurso da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC) e acena com a possibilidade de vender ativos do Estado e demitir servidores efetivos. O seu filho, deputado Fábio Faria, votou favorável ao impeachment e ao golpe que colocou o Governo Federal sob a tutela do golpista Michel Temer. Em 2018 Robinson Faria enfrentará o desgaste de seu governo e a desconfiança popular. Nos lembra o desastre Rosalba Ciarlini, mas pode ser ainda pior. 
Categorias: