Convenção confirma candidatura de Edmilson a prefeito de Belém

Postado por Modesto Neto às 13:02

O deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL) teve o nome confirmado para ser o candidato a prefeito de Belém pela coligação “Juntos pela Mudança” (PSOL, PDT, PPL e PV), na noite desta quinta-feira (04/08), durante a concorrida convenção partidária do PSOL, PPL e PV, que reuniu cerca de 5 mil filiados no Ginásio da Universidade do Estado do Pará  (UEPA). O candidato a vice-prefeito da chapa, o administrador Allan Pombo, de 28 anos, é filiado ao PDT, legenda que realizou a convenção no dia anterior.

Edmilson tem 59 anos. É arquiteto, professor concursado da UFRA (Universidade Federal Rural da Amazônia), especialista em Desenvolvimento de Áreas Amazônicas e mestre em Planejamento do Desenvolvimento pela UFPA e Doutor em Geografia Humana pela USP. Ele foi eleito prefeito de Belém por dois mandatos, de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004. Antes, teve dois mandatos de deputado estadual, de 1987 a 1990 e de 1991 a 1994. Em 2010, consagrou-se o deputado mais votado da história do Pará. Em 2014, foi eleito deputado federal, sendo o mais votado na cidade de Belém, e o terceiro em todo o Estado, com uma votação de 170.604.

Durante a convenção, Edmilson adiantou que, sendo eleito prefeito, o primeiro ato será a criação da Secretaria de Segurança. Ele acrescentou que para combater a violência também vai reforçar a educação pública com a escola de tempo integral proporcionando atividades de esporte, lazer, arte e cultura no contra turno das aulas regulares, além de investimentos sociais. Ele também destacou os investimentos em saúde pública e saneamento, como a construção de hospitais, inclusive de unidade materno infantil, a ampliação do Programa Família Saudável, garantia de médicos e remédios nas unidades de saúde e retomada dos serviços e manutenção das obras de macrodrenagem para acabar com os alagamentos nas periferias da cidade.

“Sou candidato a prefeito porque não suporto mais ver a violência  crescendo, a nossa juventude sendo assassinada envolvida com o narcotráfico, ver gente de todas as idades morrendo na porta do hospital por falta de atendimento e nem as inundações cotidianas nas periferias. A nossa união (dos partidos da coligação) é fundamental para darmos a contribuição às mudanças que Belém precisa”, destacou Edmilson.

Já Allan Pombo disse que Belém será devolvida ao povo com a eleição de Edmilson. “Sou nascido e criado no bairro do Guamá”, disse ao lembrar que as gestões de Edmilson na prefeitura garantiram infraestrutura aos bairros periféricos. “A prioridade do PDT é a educação. Precisamos que o poder público se volte à educação e à periferia. Belém sofre com o descaso”.

Vereadores

A convenção confirmou a aliança do PSOL e do PPL na eleição proporcional, que lançou 53 candidatos a vereador. Já o PV coligou com o PDT na eleição para vereador, lançando mais 53 candidatos.

O Brasil está de olho na eleição de Belém

“O povo de Belém sabe o quanto foi importante ter o Edmilson prefeito e não esquece isso”, destacou o presidente nacional do PSOL, Luís Araújo, durante a convenção partidária.

“Foi uma noite emocionante. Edmilson tem o carinho do povo de Belém, propostas concretas para inverter as prioridades do gasto público e forte compromisso com a radicalização da democracia”, avaliou Luís. Ele observou que o Brasil inteiro está com as atenções voltadas para a eleição municipal de Belém. “Confiamos na vitória e será fundamental para a reconstrução da esquerda no Brasil.”

A despeito das regras da reforma política, que reduziram o tempo de propaganda eleitoral para partidos com reduzida bancada no Congresso e que vetou as doações de empresas às campanhas, o presidente do PSOL ressaltou que é possível vencer numa campanha honesta, com a ajuda da militância aguerrida que busca voto a voto, bem como pelo estímulo às doações individuais. “Não vai ser fácil porque eles têm muito dinheiro. O Edmilson vai ser prefeito pela terceira vez, com a força do povo!”

Prêmios

Edmilson, quando prefeito, entre os anos de 1997 e 2004, recebeu mais de 50 prêmios nacionais e internacionais que conferiram o reconhecimento de excelência na gestão municipal. Entre eles, recebeu três vezes a comenda da ONU de “Prefeito Criança”, pelos projetos sociais implementados em Belém para a juventude e a infância. Ele foi o único prefeito brasileiro a receber essa comenda mais de uma vez. Também recebeu o Prêmio Internacional de Dubai para as 100 Melhores Práticas do Mundo, em 2002, em razão da Macrodrenagem do Tucunduba.

Categorias: