Dilma tenta última cartada contra impeachment: recurso no STF

Postado por Modesto Neto às 22:00

Esquerda Diário

Essa é a última tentativa de barrar o processo antes da votação no Senado, marcada para esta quarta-feira, 11. Se o plenário aprovar o afastamento da presidente, quem assume é o vice Michel Temer.

Segundo informações, a tese do recurso é que o então presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) cometeu desvio de finalidade ao aceitar o pedido contra Dilma. Pela argumentação do governo, isso teria viciado o processo.

Os detalhes do recurso serão apresentados pelo advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, em uma entrevista coletiva nesta tarde.


O governo segue tentando até o último momento uma saída por cima contra o golpe, neste caso alimentando ainda mais confiança no arbitro mais decisivo até aqui, o STF golpista, enquanto na luta de classes suas burocracias são responsáveis por frear os trabalhadores pra lutar contra os ajustes e o golpe com seus próprios métodos.
Categorias: