PSOL aponta propostas em debate sobre juventude e trabalho no Seminário Angicos em Debate

Postado por Modesto Neto às 17:57

O PSOL continua em parceria com a Fundação Lauro Campos, realizando o seu ciclo de seminários, apresentando debates e colhendo propostas para a constituição de seu programa político que engloba um profundo balanço de conjuntura e uma série de propostas. O II Seminário Angicos em Debate trouxe como temática, “A juventude e o mundo do trabalho”, reunindo professores, profissionais liberais, e, jovens trabalhadores e estudantes universitários, que se encontraram neste sábado (9) na Escola Estadual Francisco Veras.

O II seminário foi formatado como uma roda de conversas onde todos os presentes se apresentaram e externaram opiniões. O acadêmico de Biomedicina e dirigente do PSOL local, Francisco Monteiro Neto, abriu a atividade falando do papel dos seminários. “Nunca um partido político promoveu debates tão abertos em Angicos, escutando as pessoas e construindo um programa que de fato ressoa as várias vozes da comunidade, isso é uma novidade”, afirmou Monteiro Neto.  

O professor e historiador Modesto Neto apresentou a exposição norteadora, tecendo comentário sobre a atual conjuntura do mundo do trabalho no Ocidente, como o acentuado desemprego na Espanha, mas apresentando dados sobre o atual rebaixamento dos salários no Brasil e apontando o Rio Grande do Norte como a unidade da federação com o maior nível de desocupação do país. Neste cenário a inserção dos jovens no mercado de trabalho se torna gradativamente mais difícil, ocorrendo majoritariamente a inserção do segmento juvenil no mercado de trabalho informal e precarizado, sem carteira assinada e sem a seguridade dos direitos trabalhistas e previdenciários.

Um conjunto de propostas foi formulado. Dentre as principais indicações da juventude presente estão a defesa de um acordo entre o Poder Executivo e a UFERSA, garantindo que as obras que são construídas no município sirvam como campo de estagio para os estudantes da do Campus local da UFERSA que atuam na área de engenharia e tecnologia. Outras propostas também foram discutidas como o Programa Municipal de Estágio, Bolsa Universitária, Cursinho Popular Pré-universitário, e a defesa intransigente da educação em tempo integral para as crianças e a juventude, visando à integração do estudante na sociedade e no mundo do trabalho, assegurando recursos para a inserção e manutenção do jovem na universidade.


A primeira edição do Seminário Angicos em Debate versou sobre Segurança e Direitos Humanos, nesta segundo a temática foi juventude e trabalho. O terceiro encontro deverá ocorrer em julho e ainda não tem tema definido.
Categorias: